ALERTA DA PROTECÇÃO CIVIL – VAGA DE FRIO

TERMOMETRO

Atendendo às previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e da Protecção Civil Nacional, em que se prevê uma descida da temperatura na ordem dos 5º/6ºC, entre os dia 18 e 21 de fevereiro, o Município de Gouveia, enquanto Autoridade Municipal de Protecção Civil, alertar a população para os cuidados a ter para a VAGA DE FRIO:

Neste sentido, o Município de Gouveia envidará todos os esforços no sentido de minimizar os riscos provocados pela acumulação de gelo, colocando à disposição duas equipas para a realização de ações preventivas, nomeadamente o espalhamento de sal na rede viária municipal.
Face à previsão de frio intenso e prolongado aconselha-se a população residente ou em situação de isolamento, especialmente crianças, idosos e doentes crónicos, que tenham especial atenção e que se previnam antecipadamente com reservas de água potável, alimentos ricos em calorias, alimentos que que não necessitem de confecção ou refrigeração e combustível de uso doméstico (ex. botija de gás ou lenha).
Alerta-se ainda para os possíveis perigos dentro de casa, tais como, intoxicação por monóxido de carbono, incêndios e queimaduras.
Em caso de queimadura provocada pelo frio ou hipotermia recomenda-se que ligue para o 112 e siga as indicações dadas ou para o número do responsável pela Protecção Civil Municipal – 962032999. Evite a ingestão de bebidas alcoólicas e de líquidos com cafeína (ex.:café e chá) porque aumentam o esforço cardíaco. Esteja atento aos conselhos da Protecção Civil e mantenha-se atualizado através dos meios de comunicação disponíveis (rádio, telefone, internet). Situações de neve ou gelo devem ser encaradas como uma adversidade climatérica. Exigem Planos de Segurança dos cidadãos e das instituições para proteção individual e colectiva e, neste sentido, recomenda-se a todos os cidadãos a adoção das seguintes medidas:

Viagens de carro:

Ligue as luzes mesmo com boa visibilidade;

Adote velocidades moderadas, mantendo distâncias de segurança;

Trave com o motor reduzindo na caixa de velocidades;

Coloque correntes ou pneus de “Inverno”; Não dispondo de correntes, baixe a pressão dos pneus para aumentar a aderência;

Respeite a sinalização temporária e as indicações das Autoridades de Segurança;

Atenção à sinalização – “Uso obrigatório de correntes” (há ruas onde poderá circular apenas com correntes);

Não tente chegar ao centro da cidade de carro. Estacione em locais amplos e planos, fazendo o restante trajeto a pé.
Deslocações a pé:

Use calçado apropriado; Se não dispuser de botas apropriadas coloque umas meias por cima do calçado, para aumentar a aderência;

Evite caminhar por ruas íngremes. Escolha percursos alternativos, ainda que mais longos;

Se escorregar, não tente equilibrar-se. Agachando-se a queda será menos violenta;

  • Não caminhe apoiado noutra pessoa porque no caso de queda esta pode ser mais violenta;
  • Evite caminhar sobre a neve muito “pisada”;
  • Coloque os pés na neve com firmeza e se necessário crave o calcanhar, a biqueira ou a aresta lateral da bota – assim caminhará com maior aderência.
    Sugestões
  • Na previsão de queda de neve ou gelo generalizado por vários dias aprovisione bens essenciais mas sem cometer exageros;
  • Cada morador, comerciante, estabelecimento ou serviço público deve colaborar mantendo limpa a zona do passeio em frente à sua porta e/ou acesso à garagem;
  • Interrompendo-se as aulas aguarde que as vias estejam desimpedidas para se deslocar às escolas.

 

A Protecção Civil de Gouveia

 

 

 

 

ALERTA DA PROTECÇÃO CIVIL – VAGA DE FRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *